“we thought the film was so moving and compelling-it’s such a beautifully told story that gives us all hope in a time (now) when there seems to be so little of it..”

Alexandra Schmidt, a Portuguese journalist, travels to Viana do Castelo to interview the maestro Francisco de Almeida, who is going to retire. There she faces him with his real name, Aaron Apelman, which is not reported in official biographies.

The journalist’s curiosity makes the conductor recall a series of events that occurred in the remote month of June 1940, when, at the age of ten and still bearing that name, he was saved from the nazi persecution by the action of Aristides de Sousa Mendes, the Portuguese consul in Bordeaux.

In those days, the consul is a torn man: he knows that the Jewish refugees need more and more visas to get to Portugal and leave from there to the New World; but he is hindered by Salazar’s document, the infamous Circular 14, which forbids the grant of visas to Jews.

Rabbi Krueger’s pressure and the power of Sousa Mendes’ catholic beliefs prevail. The consul decides to disobey Circular 14.

The month of June 1940 turns into a long race against time, in which Sousa Mendes eventually issues 30 000 visas, as the nazi threat becomes more and more present.

At the end of the long interview, Alexandra surprises Francisco de Almeida when she unveils the true reason of her trip to Manaus: to introduce him to her grandmother Esther Appelman, the sister the maestro thought he had lost on that distant year of 1940. The emotional reunion of brother and sister takes place under the sign of remembrance and courage: that of Aristides de Sousa Mendes, the consul of Bordeaux.DIRECTOR: Francisco Manso e João Correa

CAST: Vítor Norte; Carlos Paulo; João Monteiro; Leonor Seixas; Manuel de Blas; Laura Soveral; Sara Barros Leitão; Miguel Borines; Pedro Cunha; Joaquim Nicolau; São José Correia; Patrícia Ferreira; Santiago Lagoa; António Neiva
DIALOGUES AND SCREENPLAY: António Torrado; João Nunes
PHOTOGRAPHY: José António Loureiro
SOUND: Vasco Pedroso
MUSIC: Henri Seroka
EDITOR: Gonçalo Soromenho
PRODUCER: José Mazeda
PRODUCTION Co.: Take 2000 Produção de Filmes Lda.
CO-PRODUCERS: Andrés Santana for AIETE-ARIANE (Spain) and Henri Seroka for APUS (Belgium)

Alexandra Schmidt, uma jornalista portuguesa vai até Viana do Castelo para entrevistar o maestro brasileiro Francisco de Almeida, que se vai reformar. Aí confronta-o com o seu verdadeiro nome, Aaron Apelman, que não consta das biografias oficiais.

A curiosidade da jornalista leva o maestro a recordar uma série de eventos passados no longínquo mês de Junho de 1940, quando, aos 10 anos de idade, e ainda com esse nome, foi salvo da perseguição nazi pela acção do cônsul de Portugal em Bordéus, Aristides de Sousa Mendes.

O cônsul, por esses dias, é um homem dividido: sabe que os refugiados hebreus, em número cada vez maior, precisam de vistos para alcançar Portugal e daí partir para o Novo Mundo; mas tem as mãos tolhidas pela famigerada Circular 14, de Salazar, que proíbe a emissão de vistos a judeus.

A pressão do rabino Krueger e a força das convicções católicas do próprio Sousa Mendes acabam por levar a melhor. O cônsul decide desobedecer à Circular 14.

O mês de Junho de 1940 converte-se numa longa corrida contra o tempo, em que Sousa Mendes acaba por passar 30.000 vistos, à medida que a ameaça nazi se vai tornando cada vez mais presente.

No final da longa entrevista, Alexandra surpreende Francisco de Almeida revelando-lhe a verdadeira razão da sua viagem a Viana do Castelo: apresentá-lo à sua avó, Esther Appelman, a irmã que o maestro pensava ter perdido. O reencontro emotivo dos dois irmãos é feito sob o signo da memória da coragem de Aristides de Sousa Mendes, o cônsul de Bordéus.

ANO DE PRODUÇÃO /YEAR OF PRODUCTION 2011
RELEASE DATE: 8 Novembro de 2012
REALIZADOR/DIRECTOR: Francisco Manso e João Correa
ACTORES/CAST: Vítor Norte; Carlos Paulo; João Monteiro; Leonor Seixas; Manuel de Blas; Laura Soveral; Sara Barros Leitão; Miguel Borines; Pedro Cunha; Joaquim Nicolau; São José Correia; Patrícia Ferreira; Santiago Lagoa; António Neiva
ARGUMENTO E DIÁLOGOS/DIALOGUES AND SCREENPLAY: António Torrado; João Nunes
FOTOGRAFIA/PHOTOGRAPHY: José António Loureiro
SOM/SOUND: Vasco Pedroso
MÚSICA/MUSIC: Henri Seroka
MONTAGEM/ Gonçalo Soromenho
DURAÇÃO/RUNNING TIME: 90’
FORMATO/FORMAT: 35 mm e DCP
PRODUTOR/PRODUCER: José Mazeda
PRODUÇÃO/PRODUCTION: Take 2000 Produção de Filmes Lda.
FINANCIAMENTO/FINANCING: ICA; RTP; ICAA; IBERMEDIA; C.M. de Viana do Castelo; C.M. de Carregal do Sal
CO-PRODUÇÃO: AIETE-ARIANE (Espanha) APUS (Bélgica)
DISTRIBUIÇÃO/PORTUGUESE DISTRIBUTOR: ZON Lusomundo
VENDAS/WORLD SALES: Take 2000 Produção de Filmes Lda.